Gislaine Mathias | Jaguariúna

A primeira apresentação da peça Paixão de Cristo contou com a presença de cerca de 2 mil pessoas, no domingo, 9, no portal de entrada da Matriz de Santa Maria. Com um elenco reformulado e que reuniu em sua maioria membros da comunidade católica, o espetáculo contou a história de Jesus Cristo na terra, desde o seu nascimento, os primeiros passos ainda criança até a fase adulta, destacando os momentos da crucificação e ressurreição. A arquitetura da fachada da Matriz de Santa Maria e o espaço do jardim contribuíram para o desenvolvimento das cenas.

O coordenador do espetáculo, Tite Stopiglia disse que o espetáculo ficou muito bonito e o mais positivo foi proporcionar uma aproximação maior com outras pessoas da comunidade. “Também houve uma renovação de quase todo o elenco e o espetáculo se fortaleceu como uma atração turístico, cultural e religiosa”, analisou Tite.

Para o prefeito Gustavo Reis a mudança de local foi o principal ponto de destaque da encenação deste ano. “Fiquei muito satisfeito com o resultado da peça, com o elenco e com a mensagem transmitida para a população da nossa cidade. Nós fizemos questão de valorizar esse espetáculo e mesmo diante das dificuldades financeiras resolvemos manter essa tradição tão importante para a cidade”, analisou o prefeito que elogiou a ideia de promover a integração entre a Paróquia de Santa Maria através do padre Milton e a Prefeitura por meio da Secretaria de Turismo e Cultura.

Já a secretária Maria das Graças Hansen Albaran dos Santos ficou emocionada ao ver a participação da população. “Não tivemos atores profissionais e as pessoas do elenco foram da comunidade e que frequentam as missas, então, fiquei muito feliz e satisfeita com o resultado da Paixão de Cristo deste ano, com novo formato, desde o cenário até na questão de cenas e adaptação de texto”, frisou.

A apresentação da quarta-feira, 12, também lotou a arquibancada, numa realização da Secretaria de Turismo e Cultura em parceria com a Paróquia de Santa Maria.